BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

20 de mai de 2010

CSI: ESTÁGIO DE RISCO

 

 Depois que os americanos descobriram a mina de ouro que são os mangás, o que tivemos nos EUA foram versões "mangá" de grandes sucessos americanos. Um exemplo é Caça-Fantasmas, lançado pela NewPOP Editora, que embora tenha sido anunciado como "mangá", pouco tem a ver com a
estética ou agilidade do roteiro (que é ótimo, mesmo usando uma estrutura mais americanizada).
 Mas agora os americanos estão de olho nos seriados que podem se tornar versões em quadrinhos. Além do recente Gossip Girl (exibido no Brasil com o nome de Gossip Girl - A Garota do Blog), um dos bons mangás baseados em séries recentes é CSI.
 Publicado nos EUA pela Tokyopop, CSI - Intern at Your Own Risk mostra a vida de cinco adolescentes que conseguem entrar em um programa de estágio no CSI e ainda acabam envolvidos num crime de uma garota. Qual será a verdadeira identidade do assassino?

ESTÁGIARIOS
KIYOMI: É  a personagem principal. Sempre sonhou em entrar no CSI. Ela tem sérios problemas financeiros, tanto que sempre faz refeições em casa para evitar despesas. Depois de entrar no programa de estágio do CSI, ela decide ir atrás da verdade para descobrir quem matou Greta.
DAMIAN: É o típico cara que tem muito músculo e pouco cérebro. Sempre fala alguma asneira ou confunde coisas do mundo criminalista com esportes, seu assunto favorito. Mesmo assim, algumas vezes ele dá uma dentro e ajuda aos outros. 
KIRIN: Garoto engomadinho que tem todas as alergias e doenças possíveis. Ele ama o estudo de impressões digitais, e consegue descobrir uma marca de dedo em qualquer coisa.
CHRISTOF: É o maluco do grupo. Ah, e louco por assuntos que envolvem sangue. Gregory costuma dizer que Christof veio da Transilvânia. É bem aplicado nos estudos e chega até a ser dedos-leves para burlar algumas regras do CSI e conseguir o que deseja.
GREGORY: Esse aqui é um gênio modesto, como se autointitula. Conhece muito sobre criminalística e tem uma veia investigativa muito boa para descobrir falhas nos planos do assassino.

A HISTÓRIA
Kiyomi é uma garota com sérios problemas financeiros. A TV a cabo foi cortada, o telefone também, e falta pouco para que ela e o pai peçam auxílio do governo em alguma bolsa-esmola. Mas
a jovem Kiyomi tem um sonho: trabalhar no CSI. No dia que ela foi fazer a prova do programa de estágio, uma garota é assassinada e aparece em todas as notícias.
 depois de aprovada no teste do CSI, junto com outros quatro rapazes bem peculiares, Kiyomi começa a visitar as instalações do CSI e a aprender com os mestres. É interessante ver essa personagem criada para o mangá contracenando com personagens que aparecem na série de televisão, exibida no Brasil pela Rede Record.
 Enquanto vai descobrindo as intrigantes técnicas de estudos forenses, Kiyomi e seus amigos descobrem que a garota assassinada, chamada Greta, era colega de escola deles. E, seguindo as evidências, a pessoa que a matou conhecia as técnicas forenses. Então..., o assassino é um dos cinco estagiários escolhidos para o programa do CSI.
O MANGÁ
 Ao contrário de outras tentativas americanas, o mangá de CSI consegue emular muito bem as características da estética dos mangás. Os personagens possuem um visual de mangá bem interessante, e o traço é muito bem feito. De americano temos apenas a narrativa, que em alguns momentos é carregada, como em comics. Assim como nos quadrinhos americanos, chovem citações a filmes e livros, além das tradicionais piadas com trocadilhos.
 Os personagens criados para o mangá são muitos carismáticos, mesmo retratando alguns clichês esperados de um manga feito por americanos. a história se desenvolve muito bem, e o único contra é que o leitor mais atento consegue descobrir antes quem é o culpado pela morte da Greta.

NO BRASIL
CSI em mangá foi lançado pela NewPOP com as mesmas características do americano: formato, sentido de leitura ocidental, número de páginas e em volume único. A série será lançada com o nome de CSI: Investigação Criminal - Estágio de Risco. É a chance dos fãs de mangá conhecerem um pouco sobre uma das mais famosas séries americanas; e também é uma chance maravilhosa dos fãs brasileiros do seriado em conhecerem o mangá.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário