BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

30 de mai de 2010

Matéria Especial - CLAMP (parte 1)

O[s] Maravilhoso[s] Mundo[s] do
CLAMP

Que otaku não leu ou assistiu algum título do CLAMP? Nesse universo da cultura pop japonesa é quase impossível alguém não saber no mínimo alguma coisa de alguma obra do grupo. As histórias das quatro mangakás são conhecidas pelo mundo todo e hoje fazem parte do imaginário de muita gente. Em que evento não há pelo menos um, se não vários, cosplays de Sakura ou Shoran? Quem não gostaria de ter um mokona (de pelúcia ou real)? Mas, se a paixão por essas e outras criações já é de longa data aqui no Brasil, a história das criadoras é mais ainda.
De simples amadoras a profissionais prestigiadas, CLAMP é um um estúdio de mangakás que iniciou suas atividades na década de 70 fazendo dojinshis (fanzines) enquanto ainda eram estudantes. No início, a equipe era formada por 11 garotas, mas com o passar do tempo esse número foi se reduzindo. Quando o grupo se profissionalizou, restaram sete mulheres que foram minguando até chegar à formação que hoje conhecemos: Mokona, Satsuki Igarashi, Tsubaki Nekoi e Ageha Ohkawa.
De acordo com Cristiane A. Sato, no livro "Japop: o poder da cultura pop japonesa", no final dos anos 80, o grupo lançou seu primeiro mangá, Seiden, na revista South; sete anos depois viria a primeira obra encadernada, Shining Star, pela editora Kadokawa. Entretanto, foi em 1989 que o estúdio lançou o primeiro grande sucesso na revista Wings: RG Veda. Desde então, já venderam mais de 100 milhões de mangás pelo mundo, que logo saem das páginas em preto e branco e ganham versões em animê. Mas você sabe quem faz o quê nesse estúdio?
AGEHA OHKAWA
 
Nascimento: 2 de maio de 1967, em Osaka.
Cargo: Líder do Grupo nasceu. Além de coordenar toda a produção, é encarregada dos roteiros e capas, faz a negociação das obras com as editoras e lida com a parte de vendas. Algumas vezes, também é roteirista da versão em animê de suas histórias.
SATUKI IGARASHI
 
Nascimento: 8 de fevereiro de 1969, em Kioto.
Cargo: Ajuda a coordenar a produção como, por exemplo, escolhendo o material que será utilizado, e auxilia nas ilustrações dos mangás, assim como participa na criação de roteiros.
MOKONA
   
Nome de Nascimento: Mokona Apapa.
Nascimento: 16 de julho de 1968, em Kioto.
Cargo: Ela é a ilustradora principal, responsável pela criação de personagens (character designer), cenário e arte/composição.
TSUBAKI NEKOI
 
Nome de Nascimento: Mick Nekoi.
Nascimento: 21 de janeiro de 1969, em Kioto.
Cargo: Além de diretora de arte, é assistente da Mokona nos desenhos. 
_____________________________________________________________
"Este é um mundo que ninguém conhece ao certo 
Todas as cores se misturam aqui
A próxima cena é baseada no que você imagina 
E na colagem que você faz
Você é o personagem principal na sua história." 
_____________________________________________________________
O nome CLAMP não foi escolhido pelas integrantes do estúdio, mas sugerido por um amigo. A tradução é "pilha de batatas", mas elas não sabiam na época e nem se importam muito com o significado. 
Nesse ano o grupo comemora 20 anos de atividade profissional, o que conforme a coordenadora do Studio Seasons, Irene Castilhas Rios, é um desafio, já que trabalham em equipe.
No Brasil, seis mangás já foram completamente publicados: Sakura card captors, Guerreiras Mágicas de Rayearth, Angelic Layer, X/1999, Chobits, e Tokyo Babylon; e dois estão em andamento: XXXHolic e Tsubasa Reservoir Chronicle. Ao total são oito títulos lançados pela editora JBC.
É interessante destacar a importância de Sakura e Guerreiras na história de publicação de mangás no Brasil, pois foram alguns dos primeiros títulos publicados com leitura oriental por aqui. Os pioneiros foram Cavaleiros do Zodíaco, de Masami Kurumada, e Dragon Ball, de Akira Toriyama, pela editora Conrad, e logo em seguida as obras do CLAMP. Até a chegada desses títulos, os mangás eram publicados no país com a leitura da esquerda para a direita, como Ranma 1/2, de Rumiko Takahashi.
 Na televisão foram exibidos Sakura na Globo e no Cartoon Network, Guerreiras no SBT e, desde o ano passado, o canal Animax transmite XXXHolic.

OBRAS DO CLAMP NO BRASIL

SAKURA CARD CAPTORS
Sakura Kinomoto encontra na biblioteca de seu pai um livro repleto de cartas mágicas. Acidentalmente as cartas criadas pelo mágico Clow fogem e a garota passa a procurá-las com o guardião do livro, Kerberus, apelidado de Kero.
MANGÁ:
Lançamento no Japão: 1996 a 2000
Lançamento no Brasil: 2001 a 2002
Volumes no Japão: 12
Volumes no Brasil: 24
ANIMÊ:
  Lançamento no Japão: 1998 a 2000
Espisódios: 70
Filmes: Sakura Card Captors: O Filme (1999) e Sakura Card Captors: A Carta Selada (2000)


GUERREIRAS MÁGICAS DE RAYEARTH
 
Enquanto visitavam a Torre de Tóquio, as estudantes Lucy, Anne e Marine são transportadas à Zefir pela princesa Esmeralda para salvar aquele mundo da destruição. Na companhia do mokona, as garotas se tornam guerreiras cada qual com um poder específico e mashin (espécie de robôs/espíritos)
MANGÁ:
Lançamento no Japão: 1994 a 1996
Lançamento no Brasil: 2001 a 2002
Volumes no Japão: 6
Volumes no Brasil: 12
ANIMÊ: 
Lançamento no Japão: 1994 a 1995
Episódios: 49
OVA: Rayearth (1997), dividido em três partes.

ANGELIC LAYER
  
Mudando-se do interior para Tóquio para estudar, Misaki Suzuhara conhece o jogo Angelic Layer, no qual bonecas lutam contra si controladas pelo pensamento de seus donos.A garota logo compra o brinquedo, chamando-a de Lucy (Hikaru), e começa a participar de campeonatos. Até então, Misaki vivia com os avôs, na capital passa a morar com sua tia e buscar por sua mãe, que há anos está em Tóquio.
MANGÁ:
Lançamento no Japão: 1999 a 2001
Lançamento no Brasil: 2005
Volumes no Japão e no Brasil: 5
 ANIMÊ:
Lançamento no Japão: 2001
Episódios: 26 

TSUBASA RESERVOIR CHRONICLES 

Para salvar Sakura, Shoran viaja por diferentes mundos para recuperar as lembranças perdidas da moça, que se apresentam em forma de penas. Nessa jornada, iniciada por negociação com a feiticeira Yuko (de XXXHolic) ambos contam com os companheiros mokona, Fhi e Kurogane, assim como as intervenções do vilão Fei Wang. Esta história deve ser vista concomitantemente com XXXHolic, pois os enredos se complementam e certas circunstâncias são mais abordadas em uma obra do que na outra.
MANGÁ:
Lançamento no Japão: 2003 a 2009
Lançamento no Brasil: 2006 (em andamento)
Volumes no Japão: 29
Volumes no Brasil: 34 (em lançamento)
ANIMÊ:
Lançamento no Japão: 2005 a 2006
Episódios: 52
Filme: Tsubasa Chronicle: A Princesa do País da Gaiola (2005)
OVA: Tsubasa: Tokyo Revelations (2007-2008), dividido em três partes, e Tsubasa Shunraiki ("Crônicas do Trovão na Primavera", 2009), dividido em duas.

X/1999

O ano é 1999. O planeta está prestes a ser destruído. Mas há uma esperança: Kamui. O jovem é predestinado a salvar a humanidade ou destruí-la, se desejar. Assim, há dois grupos que o buscam: os Sete Selos (Dragões do Céu) e os Sete Anjos (Dragões da Terra), o primeiro para a salvação da Terra, o outro para sua destruição. A história foi cancelada em 2002 devido a problemas ocorridos no Japão (assassinatos e terremotos) que remetiam fortemente o enredo. Quatro anos depois foi publicado um especial de cinco capítulos na revista Newtype, intitulado X 18.5. A obra se completaria com 21 volumes.
MANGÁS:
Lançamento no Japão: 1992 a 2002
Lançamento no Brasil: 2003 a 2004
Volumes no Japão e no Brasil: 18
ANIMÊ:
Lançamento no Japão: 2001 a 2002
Episódios: 24
Filme: X/1999 (1996)
OVA: Presságio (2001)

CHOBITS
   
Voltando para casa, Hideki Motosuwa encontra um Persocom (personal computer) no lixo e resolve adotá-lo. Trata-se de uma robô humanóide, batizada de Chi, que aos poucos vai aprendendo como viver no mundo dos humanos. Com o desenvolver da história, Hideki vai desvendando os mistérios que envolvem Chi.
MANGÁ:
Lançamento no Japão: 2001 a 2002
Lançamento no Brasil: 2003 a 2004
Volumes no Japão: 8
Volumes no Brasil: 16
ANIMÊ:
Lançamento no Japão: 2002
Episódios: 24
OVA: Três episódios especiais que resumem a história (8.5, 16.5 e 24.5) e A entrega de Sumomo e Kototoko.

TOKYO BABYLON
  
Subaru Sumeragi, líder da família mais prestigiada de onmyôji (espécie de sacerdote) do Japão, resolve casos sobrenaturais em Tóquio, ajudando pessoas atormentadas por espíritos e situações afins. Junto a ele estão sua irmã gêmea, Hokuto, e o veterinário, Seishirou Sakurazuka, que também parece ter poderes e está sempre se declarando a Subaru. A relação entre os dois garotos vai se aprofundando, assim como segredos e mistérios vão sendo descobertos.
MANGÁ:
Lançamento no Japão: 1990 a 1993
Lançamento no Brasil: 2005
Volumes o Japão e no Brasil: 7
ANIMÊ:
OVA: Tokyo Babylon (1994 dividido em duas partes
LIVE-ACTION:
Filme: Tokyo Babylon/1999 (1993

XXXHOLIC
      
Existe um lugar em que seus desejos podem ser realizados. Entretanto, eles custam um preço de valor igual ao desejado. Esse lugar é a loja da feiticeira Yuko, encontrada coincidentemente por Watanuki Kimihiro enquanto foge de espíritos. Querendo acabar com a perseguição corriqueira com a qual sofre, o rapaz negocia com Yuko. O preço é tornar-se seu ajudante. Mas será que o novo trabalho do estudante é apenas coincidência? Esta história deve ser vista concomitantemente com Tsubasa, pois os enredos se complementam e certas circunstâncias são mais abordadas em uma obra do que na outra.
MANGÁ (em andamento):
Lançamento no Japão: 2003
Lançamento no Brasil: 2006
Volumes no Japão: 16
Volumes no Brasil: 21
ANIMÊ:
Lançamento no Japão: 2006 a 2008
Episódios: 37
Filme: XXXHolic: Sonho de uma Noite de Verão (2005)
OAD: XXXHolic Shunmuki ("Crônicas do Sonho na Primavera", 2009), dividido em três partes (a última sairá em 2010).

Nenhum comentário:

Postar um comentário