BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

12 de jun de 2010

Japan News

Japonês é preso por fazer pirataria de animês

O jornal Sport Nippon publicou em suas páginas uma reportagem sobre um homem de 43 anos, chamado Noriaki Matsumoto, que foi preso por fazer upload de anime na internet sem ter os direitos utilizando um software de compartilhamento chamado "Perfect Dark" (que não tem nenhuma relação com os jogos de N64 e Xbox 360). Outras pessoas já haviam sido detidas anteriormente pelo mesmo motivo, mas Matsumoto é o segundo caso de prisão pelo uso do Perfect Dark, um P2P feito pela "Next Generation" que tenta manter o anonimato dos usuários melhor que seus antecessores.

Segundo as autoridades responsáveis pelo caso, essa pessoa é acusada de colocar na internet milhares de arquivos, incluindo anime. Particularmente, Matsumoto é suspeito do upload da série “Ookiku Furikabutte”, diretamente de seu computador no dia 14 de Maio. Segundo a polícia de Kyoto, o suspeito admitiu que não esperava ser preso, pois estava utilizando o Perfect Dark.


Antes dele, a primeira pessoa a ser presa usando este programa foi Takayuki Marabushi, de 37 anos, morador de Kamisato, a noroeste de Tóquio. O fato ocorreu no início deste ano e também foi por fazer upload de anime ilegalmente, neste caso o da série Full Metal Alchemist Brotherhood. Como mencionado acima, os dois casos são pela utilização deste software, mas em novembro do ano passado, 11 pessoas foram presas no país acusadas de compartilharem filmes, músicas, animes, videogames e outros conteúdos usando um programa chamado “Share”. Entre os animes que foram relatados estão: Ranma ½, Gundam 00, Dragon Ball Kai, Fresh Precure!, Full Metal Alchemist e Lucky Star.

A lei de direitos autorais no Japão proíbe que qualquer pessoa compartilhe animes sem o consentimento do autor ou do distribuidor, mas permitia o download dos mesmos para uso pessoal até o começo deste ano. Em junho de 2009, o parlamento japonês aprovou uma emenda que torna ilegal qualquer download sem prévia autorização. Esta lei entrou em vigor no dia 01 de janeiro de 2010.



Nenhum comentário:

Postar um comentário